As várias facetas da Cidade Maravilhosa

O nascer aqui, para muitos,é um privilégio, o viver o dia a dia, nem tanto. Como carioca, posso dizer: está cada dia mais complicado, tenho que reconhecer que melhorou bastante, mas certas situações, estão difíceis de encarar, como por exemplo, a questão do transporte coletivo (coletivo no desconforto, nos valores das tarifas e, no descaso das autoridades, com a fiscalização), e a segurança. O fazer de conta que está tudo bem, quando vemos confrontos em comunidades “pacificadas”, turistas sendo assaltados e, bem pior, estrupadas por pseudos condutores de vans, não dá.

Vista do Cristo Redentor
Fonte da imagem: Studio Turismo

A paisagem é deslumbrante, quando estamos na orla da zona sul, na zona oeste (Barra da Tijuca, Grumari e etc), bem como em todos pontos turísticos mundialmente festejados. Bem, se formos para zona norte e baixada, vale pelo charme de seus moradores que são pessoas de bem com a vida e, apesar ausência do poder público, (falta água, saneamento básico, escola, saúde, apenas para falar o básico) sabem curtir a vida como ninguém.

E saibam, amo essa cidade de verdade, porém sei que melhorar é preciso, portanto, convido cariocas de nascimento e os de coração, a cobrarem das autoridades um olhar mais responsável não só pelos eventos programados, que são bem vindos, por trazerem turistas, geração de empregos e investimentos, mas que essa melhoria seja contínua, faça parte do nosso dia a dia.

Convido a todos a olharem para esta cidade com mais carinho, respeitando a natureza, utilizando àquele princípio básico de que, quem ama cuida,  cultivar o bom humor (sei que não é fácil) mesmo quando tudo parece estar caótico.  E, se vamos cobrar um comprometimento maior das autoridades, que tal sermos o exemplo das melhorias que queremos ver, passando a respeitar os sinais de trânsito, jogar papel nas lixeiras (vale guardar na bolsa e/ou bolso, para descartar na lixeira de casa).

Não estacionar nas calçadas (lembrem-se, o motorista  de hoje, é o pedestre de amanhã), juro gente, faço esse esforço todos os dias e sei que muitos de vocês também, e aumentando o número de seguidores desse comportamento, teremos todos uma vida melhor, mostrando ao poder público que a campanha “Rio eu amo eu cuido” pode e deve se transformar em uma realidade para nós e, igualmente para nossos políticos.

Sonia Maria

Meu nome é Sonia Maria, sou carioca, com muito orgulho, advogada, empresária. Nas horas vagas adoro ler bons livros, dançar, viajar, namorar. E sou uma pessoa bastante obstinada, sei ser paciente, aliás, a paciência, é fundamental para que não desistamos dos nossos objetivos.