Os verdadeiros benefícios dos Videogames

Os que me acompanham há algum tempo, sabem que a tecnologia, não faz parte de meus talentos, ou melhor dizendo, de minhas habilidades. Porém, por dever de ofício e por gostar de estar conectada com os avanços de nossos dias, comecei a querer conhecer um dos segmentos da tecnologia mais comentados, independente de sexo, idade ou profissão: o videogame.

Na área da saúde, os jogos têm demonstrado ser grandes aliados, em doenças que afetam milhares de pessoas (principalmente os idosos), como o mal de Parkinson, conforme comprova um estudo realizado pela Universidade de Ottawa, no Canadá, que testou o videogame Nintendo Wii U em pacientes com essa doença, tendo como resultado uma melhora significativa no quadro dessas pessoas.

No convívio entre as crianças, os jogos, estão se demonstrando valiosos colaboradores, para estimular os pequenos a quererem adquirir novos conhecimentos e estimula o contato com outras pessoas (bom para melhorar a timidez).

Porém, como esses jogos podem ser jogados online, aconselho aos pais que fiquem atentos, evitando que seus filhos (com todos avanços e modernidade as crianças ainda são ingênuas no tocante a noção de perigo) divulguem informações desnecessárias, tais como: endereço, data de nascimento, nome da escola ou bate-papo via câmera.

No âmbito familiar, os jogos, contribuem para estreitar a convivência entre pais e filhos, pois, todos participam da mesma diversão, havendo uma disputa saudável, criando um ambiente lúdico, a convergência de interesses onde todos perdem juntos, ganham juntos, principalmente, nos casos dos jogos com o uso de, pelo menos, dois controles.

E nada melhor do que um ambiente onde todos se divertem juntos, leves e soltos, esquecendo até mesmo o cansaço de um dia de trabalho e para os filhos a recompensa de poderem estar mais tempo junto aos pais, depois de horas de estudo, testes e provas com matérias nem sempre muito “apaixonantes”.

Claro está, tudo muito bem dosado, com equilíbrio, sem exageros, pois, como sobejamente comprovado, o excesso não traz benefícios a ninguém. Há que se ressaltar a estimulação do raciocínio, a agilidade para encontrar resposta frente a problemas complexos, ou seja, a mente responde melhor aos desafios.

Os estudos científicos comprovam que o videogame, é fundamental para estimular a coordenação motora e, pesquisas, já evidenciaram de forma conclusiva, que médicos jogadores de games, são mais ágeis em cirurgias, contribuindo tal prática, para minimizar as falhas cometidas por tais profissionais.

No campo da “visão”, há ainda uma melhora em casos de pessoas que sofrem com olhos “preguiçosos”, havendo muitas crianças que necessitam usar tampão para “forçar” o olho mais fraco antes de utilizar óculos de grau (eu mesma passei por esse tipo de problema, mas infelizmente, não contei com esse precioso aliado).

Com o videogame, o olho com o nervo “preguiçoso” é obrigado a ficar com a atenção em estado de alerta, o que ajuda na recuperação do mesmo. Além disso, os idosos são muito beneficiados, considerando que o videogame pode acionar todas as partes do cérebro, porque desperta a pessoa para os diversos sons e cores que estão na tela de maneira simultânea.

Atualmente, alguns games para Xbox e PlayStation estão com preços elevados no Brasil. Entretanto, games como Rayman Legens, Just Dance 2014 e outros, valem cada centavo cobrado. Aliás, caso você esteja interessado, clique aqui para comprar games para seu videogame ou PC com desconto.

Sonia Maria

Meu nome é Sonia Maria, sou carioca, com muito orgulho, advogada, empresária. Nas horas vagas adoro ler bons livros, dançar, viajar, namorar. E sou uma pessoa bastante obstinada, sei ser paciente, aliás, a paciência, é fundamental para que não desistamos dos nossos objetivos.