Professor, esse ser insubstituível

A palavra é mundialmente conhecida, seja qual for o idioma, porém a sua origem e significado, a maioria de nós desconhece: professor, tem a mesma raiz etimológica da palavra profissão, o que faz todo o sentido se levarmos em conta que professor, é a primeira das profissões.

Fonte da imagem: Imagens para Facebook

Agora indago: teremos todos a percepção do quanto essa profissão significa em nossas vidas, do quanto importante ela é, do tamanho de sua importância, desde que viemos ao mundo? E, vou mais além, não é só o profissional que exerce esse nobre ofício de forma remunerada, que podemos classificar como professor.

Explico: quando nascemos, as primeiras pessoas que nos cuidam, orientam e ensinam são nossos pais, mesmo que não haja tal entendimento e assim não sejam considerados, são eles os nossos primeiros professores, sem essas primeiras lições de vida, como poderíamos prosseguir?

O que é ter uma profissão? O que é ser professor? As duas palavras têm origem no latim professum, que por sua vez vem do verbo profiteri: e que é, fazer uma declaração, manifestar-se, prometer, dar a conhecer, ensinar, ou seja, ser professor. O professar é algo muito importante, porque requer iniciativa, responsabilidade e segurança. E é assim que fica resgatada a nobreza do compromisso com a profissão, o ser professor, é obrigar-se, revestir-se nesse papel de liderança.

Fonte da imagem: wiseGEEK

Para que tal liderança aconteça, necessário se faz que haja um outro alguém a receber esse ensinamento e lhe conferir o sentido da singularidade, de uma profissão, sem a qual não existiriam todas as outras: o aluno. E, esse feliz encontro, somente será exitoso, se as duas partes envolvidas tiverem plena consciência do quanto isso é importante, o respeito mútuo: de um lado o professor e, do outro, o aluno.

A base de qualquer profissão por mais que alguns teimem em negar, é o aprendizado adquirido desde as primeiras linhas com o professor, as demais profissões: engenheiros, advogados, magistrados, cientistas, médicos, enfermeiras, administradores, economistas, contadores, autônomos (me desculpem se estou omitindo algumas delas), não existiriam sem o nobre ofício de professor.

Segundo o escritor José Saramago os professores: “são os heróis do nosso tempo”. É assim mesmo que devemos vê-los, pois, é um ofício extremamente desgastante, formar, preparar um indivíduo para tornar-se um cidadão, dar-lhe a base para poder alçar vôos maiores, sabendo que sua orientação pedagógica irá influenciar de uma forma ou de outra, na escolha de uma carreira, é mesmo um ato sublime.

Fonte da imagem: Digital Deconstruction

Desde os primórdios do mundo, existe a figura do “preceptor”, pessoa incumbida de acompanhar e orientar a educação de uma criança ou de um adolescente, tendo como sinônimos as palavras, formador e professor, instrutor, mestre, aquele que doutrina preceitos. Ontem, como hoje, amanhã e sempre, seja qual for a denominação que queiram usar para se referir a essa nobre profissão, “preceptor” e/ou professor.

Este artigo é uma homenagem aos profissionais da área da educação, incluindo-se também: diretores, inspetores, orientadores pedagógicos e demais pessoas, que contribuem para tornar o mundo mais informado. Pessoas, com acesso a uma formação escolar (educação de base, como conviver em sociedade, devemos receber em casa) sólida, bem orientadas, irão desencadear um processo de evolução e crescimento humano cada vez melhor.

Professores, seja o dia escolhido para homenageá-los – 15 de outubro – não apenas uma simples data em destaque no calendário, mas também para o resgate da dignidade dessa linda profissão, com o incentivo de salários mais condignos e melhores condições de trabalho, incentivo através de cursos de atualização – o poder público precisa tomar a si mais responsabilidade nesse sentido, criando um programa de bolsas de estudos subsidiados, para os nossos queridos mestres, que também precisam e devem renovar seu aprendizado, adquirindo cada vez mais a bagagem cultural necessária àqueles que são os grandes responsáveis pela nossa caminhada na estrada da vida profissional.

Me desculpem mais não posso deixar passar a oportunidade: aos meus professores, que tanto me ensinaram e me ajudaram a ser a profissional que hoje sou, o meu muito e emocionado, obrigada, de corpo e alma!

Sonia Maria

Meu nome é Sonia Maria, sou carioca, com muito orgulho, advogada, empresária. Nas horas vagas adoro ler bons livros, dançar, viajar, namorar. E sou uma pessoa bastante obstinada, sei ser paciente, aliás, a paciência, é fundamental para que não desistamos dos nossos objetivos.


  • Sonia Maria Custodio

    Marília, boa tarde

    Fico feliz que tenha gostado, pois, os professores , são uma classe profissional que deve merecer o respeito e reconhecimento de todos.

    Abraços

    🙂 🙂 🙂

  • Muito obrigada Querida Blogueira! 🙂

  • Parabéns pelo post Sonia!

    Sou professor de Matemática da PUC-RJ e, me sinto muito bem lendo artigos como este, no seu maravilhoso blog! Continuem assim, você e seu filho!!!

    Grande Abraço!!!!!

    • Sonia Maria Custodio

      Fábio, bom dia

      Obrigada. Muito nos honra termos nosso trabalho reconhecido por um profissional do seu nível!

      Abraços

      🙂 🙂 🙂