Nature #05: O Mundo Subterrâneo

Bem, lá vamos nós empreender mais uma das nossas viagens, por um mundo que é real, mas que bem poucos conhecem ou sequer ouviram falar: é o misterioso “Mundo das Cavernas”, não apenas de uma ou duas, várias delas algumas até em lugares insuspeito. Elas encantam, não só pela sua grandeza, bem como pela beleza. Confira o novo #Nature na íntegra! 🙂

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Podemos encontrá-las nos lugares mais remotos desse nosso imenso mundo: na Ásia, América do Norte e Europa. Algumas dessas cavernas, são formadas quando a água escoa para baixo, através de fendas na rocha calcária. A rocha calcária se dissolve pouco a pouco, formando aberturas.

Durante milhões de anos, tais aberturas, e o calcário deixado pelas gotas de água, conseguem formar grutas majestosas, como algumas delas que os leitores poderão ver em fotos postadas neste artigo. Entretanto, algumas apesar de levarem milhões de anos para se formarem, foram sendo desgastadas pela água de lagos ou do mar.

No entanto se estiverem pensando em visitá-las, de antemão aconselho a refrear a curiosidade, pois, embora constem estarem abertas a visitação, tais como: a Phraya Nakhon, na Tailândia, a maioria tem sua visitação liberada tão somente, para aventureiros radicais que devem obter os passes com antecedência.

Mundo Subterrâneo Oceano
Imagem/Reprodução: National Geographic

Como poderão ver nas imagens que publicamos, as pessoas que conseguem a oportunidade de explorar essas maravilhas da natureza, portam vários equipamentos especiais. A boa notícia para nós pobres mortais, é que em quase todas as expedições, os que têm o privilégio de visitá-las, se fazem acompanhar de fotógrafos profissionais.

As sessões de fotos, da mais alta qualidade e resolução, nos dão a oportunidade de aprender sobre esses lugares misteriosos, presente da Natureza, muitos deles praticamente intocados pela humanidade (literalmente). Vamos nessa? 😉

1 – Son Doong Cave, no Vietnã

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

É a maior caverna de que se tem conhecimento, no mundo, atualmente. É plena de inúmeras belezas, incluindo ecossistemas isolados, sistemas climáticos e formações geológicas. Suas dimensões são impressionantes, com pelo menos 4,5 quilômetros de extensão, chegando a 140 metros de altura em algumas partes, talvez por essa razão, seu fim ainda não foi encontrado.

2 – Caverna de gelo perto do vulcão Mutnovsky, na Rússia

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Cavernas de gelo como esta, se formam nas geleiras que cercam o vulcão Mutnovsky, na Rússia. Algumas delas são formadas por aberturas que se originam de fendas vulcânicas.

3 – Caverna glacial de Vatnajokull, na Islândia

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Está localizada no glacial Vatnajokull, na Islândia, a maior geleira da Europa. Estas espécies de cavernas, se formam em decorrência da água congelada do glacial. Por essa razão, podem ser bastante perigosas, porque as geleiras estão quebrando constantemente e mudando sua formação.

4 – Mina de Naica, no México

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Estas cavernas, são o lar de alguns dos maiores cristais já encontrados – as formações são magníficas, dignas de histórias de heróis em quadrinhos, como o Super Homem, porque chegam até 11 metros de comprimento e 4 metros de diâmetro.

Porém, como tudo nessa vida, há uma restrição, que nesse caso, tem uma razão de ser bastante compreensível: a Crystral Cave, onde estão os cristais estão localizados, está fechada a visitação por causa de sua profundidade, calor e tantas outros motivos.

Entretanto, para o deleite de todos, um grande volume de imagens foram tiradas para documentar a caverna de cristal gigantesca.

5 – Cavernas Batu, na Malásia

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

As cavernas ora mencionadas, têm sido utilizadas por colonos chineses e ingleses, bem como pelo povo indígena Temuan. Os excrementos dos morcegos da caverna eram extraídos para serem utilizados na agricultura, mas hoje em dia, o lugar está ocupado por estátuas gigantescas. A boa nova é que esta beleza toda, está aberta para visitação.

6 – Cavernas de gelo Mendenhall, nos Estados Unidos

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Esta caverna de gelo é parte da geleira de Mendenhall, próximo de Juneau, capital do Alasca. A magnífica obra foi esculpida na geleira derretendo e, a incidência da luz solar, é que dá origem a um aspecto fabuloso no lugar . Devido às condições das constantes mudanças nas geleiras, não podemos afirmar se essa caverna irá sobreviver por muito tempo.

7 – Caverna em Algarve, em Portugal

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Esta caverna está localizada em um local propenso a várias formações à beira-mar, devido a solubilidade relativa das rochas na água. Neste caso específico, esta caverna, perto de Lagos, somente pode ser acessada pela água.

8 – Cavernas Glow Worms, na Nova Zelândia

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

As cavernas Glow Worms de Waitomo, são o lar de um inseto único pelas suas peculiaridades – o pirilampo Arachnocampa luminosa. Ele produz fios brilhantes de seda que descem pelo teto da caverna e brilham para atrair presas inocentes.

O conjunto da gruta escura, com os milhares de pontos luminosos dá ao local um aspecto de céu noturno, como se fosse a “cópia” de um pintor anônimo, da obra criada pelo Supremo Arquiteto do Universo. Podem ser visitadas com o acompanhamento de um guia.

9 – Caverna Tham Lod, na Tailândia

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

O rio Nam Lang atravessa a caverna Tham Lod, no norte da Tailândia. A caverna está cheia de belas estalactites e estalagmites, tendo se tornado o lar de centenas de milhares de belas andorinhas do Pacífico, que se adaptaram para passar parte de suas vidas em cavernas.

10 – Caverna Kyaut Sae, Myanmar

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

É o que podemos chamar de uma caverna coberta de mistérios, pois, se sabe pouquíssimo desta caverna em Kyaut Sae, em Myanmar. O que se sabe apenas, é que em seu interior, foi realizada uma “obra”, fazendo-a se assemelhar a um templo budista. A visão de seu interior é mágica.

11 – Cavernas de Mármore, na Patagônia

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

As cavernas de Mármore da Patagônia são conhecidas pelos seus reflexos deslumbrantes que a água turquesa lança sobre o teto de mármore branco da caverna. Estas também são denominadas de “Catedral de Mármore”, devido as suas belíssimas formas e arqueamento característico.

12 – Antelope Canyon, nos Estados Unidos da América

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Localizada no Arizona, foi esculpido por milhares de anos de vento e de inundações de relâmpagos recorrentes, que fazem com que suas paredes lisas pareçam aos nossos olhos, muito suaves e fluídas.

Durante a temporada de monções do deserto, podem ocorrer inundações que se tornam perigosas por não poderem ser previstas. Tais inundações, infelizmente, acabaram por ocasionar a morte de alguns turistas desavisados.

13 – Caverna Phraya Nakhon, na Tailândia

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

A caverna ora mencionada, era historicamente um local popular visitada pelos reis locais, em virtude da iluminação proporcionada pelos seus telhados, que acabaram por desabar. O pavilhão, no centro, foi construído especialmente com o objetivo de receber a visita do Rei Chulalongkorn, no ano de 1890. É uma obra extraordinária.

14 – Gruta de Ellison, nos Estados Unidos

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Nesta caverna existe um fosso da Fantastic Cave, que é parte da Gruta de Elisson, no estado norte americano da Geórgia. É uma atração bastante popular entre os chamados “escaladores de fossos”, que são aventureiros e são reconhecidamente, fãs de rapel em quedas subterrâneas verticais, para quem gosta de adrenalina, não deve existir melhor sensação do que praticar esse tipo de “esporte”.

15 – Orda, Rússia

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

Ordinskaya, ou Caverna Orda, é a mais longa caverna subaquática da Rússia e, a única, do seu tipo formada por gesso, não existindo outra no mundo. O seu comprimento é de quase 5 quilômetros de uma água tão cristalina, que os mergulhadores podem enxergar cerca de 45 metros à frente deles. Outra característica dessa caverna, é a inexistência de correntes.

Agora, cuidado: esse não é um lugar para qualquer pessoa se perder, pela simples razão de que existem passagens menores que podem levar as pessoas para longe da caverna principal e que ainda não são locais muito fáceis de serem reconhecidos.

Mundo Subterrâneo Cavernas
Imagem/Reprodução: National Geographic

A água nessa caverna, tem uma temperatura capaz de congelar, por ser de menos 20 graus Celsius na superfície, e qualquer coisa que alguém toque nela corre o risco de se quebrar muito facilmente. O mergulhador Lamar Hires, relata que viu pedaços de gesso tão grandes quanto carros e ônibus caindo das paredes e teto da caverna.

Encerramos a nossa grande aventura por aqui… Até a próxima! 😉

Saiba mais: Confira a Série #Nature na íntegra!

Avaliem o Nature #05 nos comentários! 🙂
Próximo episódio: Nature #06: Desertos…

Sonia Maria

Meu nome é Sonia Maria, sou carioca, com muito orgulho, advogada, empresária. Nas horas vagas adoro ler bons livros, dançar, viajar, namorar. E sou uma pessoa bastante obstinada, sei ser paciente, aliás, a paciência, é fundamental para que não desistamos dos nossos objetivos.