A Homossexualidade vs. Respeito

A Homossexualidade, qual o significado dessa palavra tão discutida e que desperta tantas emoções e discussões? Homossexualidade do – grego homos=igual + latim sexus=sexo, refere-se ao atributo de um ser – humano ou não – que sente atração física, emocional e estética por outro ser do mesmo sexo, o termo também refere-se a um indivíduo com senso de identidade pessoal e social com base nessas atrações.

O Respeito ao Homossexual
Imagem/Reprodução: Humen Online

Bem, como bem se vê em nenhum momento, a homossexualidade, remete a algo deplorável ou abominável ou que fira a sensibilidade ou sentimento das pessoas, é tão somente a orientação de cada um. E, como acredito que nascemos livres de amarras, pois, o CRIADOR, nos dotou do livre arbítrio, sendo responsáveis pelos caminhos que iremos trilhar, não vejo o porquê de nos acharmos na condição de julgadores dos nossos semelhantes.

Perante à lei, possuímos os mesmos direitos e obrigações e, o maior deles, o direito a vida e, esta foi feita para ser vivida de forma intensa, plena, desde que respeitemos uns aos outros, ou seja, cada um no seu “quadrado” sem atrapalharmos ninguém.

A meu sentido, ninguém é obrigado a gostar da orientação sexual do outro e aonde está escrito que precisamos da autorização alheia para tomarmos nossas decisões, se cada um é dono de si? O que conta, é o caráter, a integridade, o respeito ao outro. E vamos combinar, que em um mundo com tantos problemas como: guerras, fome, degradação do meio ambiente, violência sob as mais diversas formas – o abandono de crianças e idosos é uma das mais cruéis em minha visão – se ocupar da vida alheia, é no mínimo uma total falta de criatividade e do que ter com que se ocupar. A intolerância dos defensores dos “bons costumes”, é muitas vezes, a raiz de abusos e atos de violência altamente condenáveis, quando pretextando a defesa da família, apontam o dedo para os que se amam sendo do mesmo sexo. Porém, o AMOR, um sentimento tão bonito por acaso é propriedade privada de determinados grupo de pessoas? Cabe lembrar aquela máxima, com a qual concordo plenamente, de que qualquer maneira de amor vale a pena!

Mãos Dadas Casal Gay
Imagem/Reprodução: Humen Online

Existem famílias, formadas por casais homossexuais, verdadeiros exemplos de doação de amor aos filhos, sejam eles fruto de inseminação artificial ou através do processo de adoção. Aliás, adotar é ato de acolher, assumir, cuidar, seja uma pessoa ou animal.

Por falar em animais, uma curiosidade: sabiam que os biólogos constataram que, o comportamento homossexual é bastante comum na natureza, e não está circunscrito a mamíferos, pois, aves e insetos igualmente o apresentam.

E não pensem que as relações homossexuais entre os animais são apenas passageiras porque alguns deles formam casais que são capazes de passar toda uma vida juntos, chegando a criar filhotes “doados” por casais heterossexuais, resultado de uma “escapada” de uma das fêmeas.

Vejamos alguns exemplos de animais que praticam a homossexualidade: carneiros, albatrozes de Laysan, golfinhos nariz-de-garrafa, bonobos (se parecem com chipanzés), galo-da-serra peruano, leões africanos, aves aquáticas e pinguins, gaivotas ocidentais (que se parecem com os albatrozes de laysan), girafas e libélulas (que estão entre os predadores mais evoluídos do mundo dos insetos).

Imagem/Reprodução: Yeni.Mobi

A sensibilidade, o amor, carinho, respeito, solidariedade, compaixão, sabedoria, honestidade, conhecimento e cultura, são atributos inerentes a todos os seres vivos do mundo, não são o privilégio de determinados grupos por sua orientação sexual. Assim como atitudes e práticas condenáveis, como a violência, desamor, corrupção, desinteresse, desonestidade, ignorância, também podem estar inseridos em qualquer meio ou espécie de pessoas, independentes de sua orientação sexual.

A natureza mãe que a todos acolhe, não escolhe estar somente em lugares habitados por determinados grupos, ELA nos aceita em seu seio e nos abriga e deixa que desfrutemos de seus frutos, igualmente, sem preferência de sexo, cor, religião, corrente ideológica, ou seja o que for, por isso é a MÃE NATUREZA, sinônimo de AMOR INCONDICIONAL.

Sonia Maria

Meu nome é Sonia Maria, sou carioca, com muito orgulho, advogada, empresária. Nas horas vagas adoro ler bons livros, dançar, viajar, namorar. E sou uma pessoa bastante obstinada, sei ser paciente, aliás, a paciência, é fundamental para que não desistamos dos nossos objetivos.


  • Lucas Andrade

    Artigo espetacular!! E viva a orientação sexual alheia! 🙂
    Grande abraço blogueira querida!

    • Sonia Maria Custodio

      Obrigada Lucas, é isso mesmo, a opção sexual não pode ser usada para definir ninguém. O que define a pessoa, é o caráter. Abraços mil!

  • Excelente post!! Compartilhado! 🙂