Música, uma verdadeira obra divina

Na vida, existem pessoas e coisas que fazem toda a diferença, a música, é uma delas. Podemos estar tristes e/ou preocupados,a música, tem o dom de mudar o nosso estado de espírito. Nos momentos de introspecção, serve para enlevar o espírito, acalmar um estado de agitação interna, nos conduzir a outros lugares com sua melodia. Às vezes, na tristeza da saudade de um ente querido ausente, ou que não pertence mais a este mundo, ouvir um som pode “levar” a nos sentirmos perto desse alguém, pois, a música tem o dom de nos fazer viajar ao passado.

Músicas e seus Benefícios Fantásticos
Imagem/Reprodução: AUTOSTIMA Donne

A música, ainda serve para marcar fases e passagens da vida, da família, dos amigos, de um amor, daquela viagem inesquecível, do nosso trabalho, dos nossos estudos, e até mesmo de acontecimentos marcantes da história de um país.

Posso lhes dar vários exemplos do quanto, a música, serve como “compasso” a vários momentos e situações. A música que cantamos naquela festa de aniversário, festejando a alegria de mais uma “primavera” de alguém feliz pelo simples fato de ter as pessoas queridas à sua volta, reafirmando o quanto é bom celebrar mais um ano de vida.

E o que dizer do nosso famoso carnaval com suas eternas marchinhas, sambas enredos que contam verdadeiras histórias, muitas vezes de amores não correspondidos, mas isso faz parte do encanto da festa. E quantos sambas, nos quais as letras servem como crítica aos políticos, ou a característica marcante de uma raça, “O teu Cabelo não Nega”, do grande Lamartine Babo, e como deixar de saldar o lindo hino de amor do genial Paulinho da Viola, em homenagem a escola de samba Portela.

Criança Feliz Ouvindo Música
Imagem/Reprodução: HuffPost Lifestyle UK

E, como esquecer a magia do memorável show de Frank Sinatra (The Voice), em um Maracanã lotado. O envolvente Rod Stwart no último “Rock in Rio” e Lulu Santos, com seu incomparável balanço levando a plateia no ritmo da dança, e como é gostoso se deixar levar pela música, que nos faz esquecer dos problemas, deixando o mundo ficar em outro ritmo, nos deixando “livres, leves e soltos” cantado pelas Frenéticas, e que ainda hoje faz muita gente se agitar.

Clássicos de nossa música, como as Bachianas do maestro Heitor-Villa Lobos, (morto em 1959), Danúbio Azul de Johann Strauss II (morto em 1899), a maravilhosa orquestra de André Rieu que nos encanta com seus shows a céu aberto, as magníficas apresentações da Orquestra Sinfônica Brasileira tocando a emblemática Aquarela do Brasil do mestre Ary Barroso (morto em 1960) e que em uma ocasião me fez chorar quando saia de uma casa noturna, acompanhada de outros brasileiros, em Buenos Aires, a orquestra tocou essa música me fazendo sentir saudades de casa.

A adorável Garota de Ipanema (de Tom e Vinicius), um verdadeiro hino ao charme da mulher brasileira, tocada aos quatro cantos do mundo, que de tão famosa, aos primeiros acordes, é logo reconhecida e festejada – The Girl From Ipanema, me remete a charmosíssima e belíssima figura de Gisele Bündchen, “deslizando” pela passarela no Maracanã, ao som dessa música, era a perfeita tradução do significado da letra da música.

Music Brazil Best - Melhor Música Brasileira
Imagem/Reprodução: Los Angeles Times

Temos um verdadeiro “celeiro” de talentos musicais, nos ritmos mais diversos, a criatividade do brasileiro ultrapassa qualquer fronteira quando se trata de musicalidade: bossa nova, valsa, samba, sertanejo, rock, salsa, baião, axé, bolero, tango, clássico, funk (não é a minha praia, mas respeito quem gosta), pagode, street dance/passinho, não tenham a menor dúvida, o brasileiro, é talento puro em qualquer “som”.

A música, essa nossa grande companheira, em melodia, letra, verso e prosa, para cantar, dançar, amar, recordar, reanimar, embalar sonhos e momentos, sem ela a vida perde muito do seu encanto, mesmo que embale desencantos, mas ao final de tudo sempre serve de “pano de fundo”, para lembrar que a vida é bela e vale a pena ser vivida a cada momento deixando a música nos embalar, como é gostoso adormecer ouvindo àquele som!

E você, qual a sua música favorita? Compartilhe conosco nos comentários! 🙂

Sonia Maria

Meu nome é Sonia Maria, sou carioca, com muito orgulho, advogada, empresária. Nas horas vagas adoro ler bons livros, dançar, viajar, namorar. E sou uma pessoa bastante obstinada, sei ser paciente, aliás, a paciência, é fundamental para que não desistamos dos nossos objetivos.